Espaço Zen – Tendência nos Condomínios

Basta observar como pequenos padrões comportamentais dão vida e faz surgir um novo estilo de vida. Nos condomínios horizontais surgem naturalmente os espaços zens.

Normalmente os moradores desses condomínios que passeiam com seus cachorros nos finais de tarde elegem um recanto para prosear.  Claro, essa prática acontece espontaneamente em um jardim, ao redor de uma árvore frondosa, ao lado de equipamentos de ginástica em uma praça.

Mas o que chama a atenção é o perfil dos frequentadores destes ambientes: profissionais liberais, empresários e empreendedores, que buscam esvaziar a mente quando voltam para casa. São as mulheres que estão liderando este ranking comportamental.

O passeio com o cachorro no final da tarde também estimula o envolvimento com a prática de outra atividade muito simples, porém emblemática: regar as plantas.

Hábitos casuais e despretensiosos já podem ser considerados uma meditação. Sim, esses pequenos fragmentos do cotidiano sinalizam como as pessoas estão encontrando tempo para esvaziar a cabeça sem grandes esforços e cobranças para alcançar performances atléticas e cumprir metas.

Em torno desses padrões comportamentais surgem inspiração para a criação de ambientes harmoniosos. Haja vista que os jardins horizontais ganham força na composição paisagística.

No trajeto dos passeios que acontecem nos finais de tarde e no início da noite é onde está a fonte de inspiração dos transeuntes a observarem recantos nas casas.

Eis aí onde surgem ideias.  Faz sentido? Você já teve uma inspiração em sua meditação contemplativa? Com toda certeza os jardins das casas transformam-se em cenários que despertam a atenção dos outros vizinhos.

Pode apostar, é ao redor dos jardins que surgem novas amizades. A composição de materiais em torno dos jardins é objeto de estudo da Adinox Art & Designer. O Inox é um material que sugere leveza e praticidade. Esse estudo deu forma à coleção de Caixas de Correios Adinox.

Você sabia que a criação das caixas de correios Adinox tornou-se padrão paisagístico em condomínios?  Ligar a praticidade com a estética dá liga e agrega valor na identificação das casas.

Jardim, meditação, paisagismo, novos materiais, composições e adereços. Esses elementos formam cenários de meditação e emolduram comportamentos cotidianos. A estética dos condomínios são elementos de valorização imobiliária. A soma desses elementos faz muita diferença na avaliação de valoração imobiliária.

A identificação da qualidade de vida do condomínio é um elemento fundamental que está no radar de quem procura investir certo.

É em torno desses ambiente que os jardins ganham sentido enquanto ambientes para a prática de meditação, arte e cultivo de plantas medicinais.

Com essas observações é possível afirmar que os “Espaços Zen” estão em alta, não enquanto equipamento desenvolvido de forma planejada, mas como um ambiente que surge do nada, naturalmente zen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *